Cochilo depois do almoço não engorda e ainda melhora desempenho

Cochilo depois do almoço não engorda e ainda melhora desempenho

Uma tradição europeia vem chegando ao Brasil que são as áreas de descanso com cabines individuais destinadas aos cochilos pós-almoço. Nos últimos meses foi inaugurada uma nova área na Avenida Paulista em São Paulo.

Porém, criou-se um mito de que o cochilo após o almoço ocasionasse ganho de peso. Você acredita nisso? Vamos nesse artigo tentar esclarecer essas dúvidas que a maioria das pessoas ainda tem.

Segundo nutricionistas, o cochilo pós-almoço não é fator determinante para ganho de peso, pois o ganho de peso está ligado a uma alimentação desequilibrada, onde a pessoa adquire mais calorias que consegue consumir. O conhecido sono depois do almoço é comum, devido a parte do fluxo sanguíneo direcionado a tarefa de digestão, portanto para evitar sono excessivo é recomendado evitar comidas em grande quantidade e muito gordurosas.

Um fator que determina ganho de peso está diretamente a estilo de vida da pessoa, por exemplo, se o trabalho da pessoa é em sua maioria sentado em frente o computador há grandes possibilidades de que essa pessoa tenha tendência a excesso de peso. Uma das dicas para emagrecer no trabalho é que essa pessoa compense fazendo algum tipo de atividade física.

Ganhos em Produtividade

Ao contrário de que muitos imaginam a soneca depois do almoço traz mais benefícios que malefícios. Segundo estudos realizados, um cochilo médio de 15 a 30 minutos melhora significamente o desempenho do trabalho. Algumas empresas já observaram esse efeito e estão adotando esses espaços de descansos para que seus funcionários relaxem depois do almoço.

Mas é difícil afirmar que a soneca forneça mais energia para pessoa depois do almoço, pois cada organismo reage de uma forma.

Serotonina – Sete funções da serotonina no organismo

Serotonina – Sete funções da serotonina no organismo

Neurotransmissor é uma palavra comumente falada por médicos, mas você tem ideia do que ela significa? Pense como se fosse emensageiro do cérebro, tratam de substâncias químicas que possibilitam a transmissão de sinais entre neurônios e outros tipos de células do organismo, os tornando importantes em nossas atividades mais vitais
A serotonina é um tipo destes neurotransmissores que são produzidos no nosso tronco encefálico e tem parte crucial em muitas partes do corpo e ainda estão sendo descobertas outras áreas.mensageiro do cérebro, tratam de substâncias químicas que possibilitam a transmissão de sinais entre neurônios e outros tipos de células do organismo, os tornando importantes em nossas atividades mais vitais.

Saiba algumas das áreas de atuação da serotonina:

  1. Regulador do sono: tem parte no estado de vigília, ou seja, regula o tempo que a pessoa possa dormir e que seja suficiente.
  2. Enxaqueca: a serotonia atua como regulador das vias sensoriais do corpo, também, da via dolorosa. Um das chaves para tratamento é exatamente a serotonina.
  3. Distúrbios de humor e depressão: não se tratam de ausência de serotonina, como muitos pensam, o que ocorre é que a transmissão da serotonina não está sendo efetiva ao nível ideal.
  4. Humor: quando há uma transmissão inadequada é normal encontrar uma pessoa irritada, mal-humorada, impaciente, ansioso  e propenso a chorar.
  5. Saciedade: a relação acontece no hipotálamo. Se a transmissão está abaixo da média é normal que as pessoas comam além da conta para se sentirem satisfeitas. Por esse motivo é fácil encontrar pessoas, que estão triste ou ansiosas,  abusando dos doces.
  6. Atividade sexual: Mesmo que alguns conheçam como “neurotransmissores do prazer”, o seu excesso tem efeitos negativos na atividade sexual, causando perda da libido e interferir no orgasmo. Existem alguns tratamentos contra ejaculação precoce onde é ministrado antidepressivo aos pacientes.
  7. TPM: a tão temida Tensão Pré-Mentrual pode estar ligada a queda da serotonina transmitida entre os neurônios, pois além dos casos de irritabilidade a serotonina também é ligada as dores e cólicas.

Obesogen – o vilão das dietas

De acordo com o americano famoso por sua especialidade em dieta, o Dr. Oz Mehmet, não conseguimos emagrecer devido aos alimentos que ingerimos até mesmo nas dietas, alimentos dos quais possuem uma toxina conhecida como obesogen. Isso mesmo, esta toxina pouco conhecida no Brasil, está presente em diversos alimentos do nosso cotidiano, e ao ser ingerida atrapalha na perda de peso.

O que é obesogen?

É uma toxina, que esta presente em diversos alimentos como leite, pão e diversos vegetais, pois diversos agrotóxicos utilizados em plantações possuem esta toxina.

No geral, o obesogen está nos alimentos de fonte animal e em comidas industrializadas que contêm água não filtrada e xarope de milho.

A toxina age no organismo desregulando os hormônios, aumentando o tempo de digestão do organismo, tornando assim, o fígado mais resistente à insulina, sustância da qual o nosso organismo precisa para queimar gordura.


obesogen

Como fugir do Obesogen

Procure evitar alimentos que possuem xarope de milho como alguns tipos de bolacha, iogurtes, refrigerantes, geléias e até mesmo molhos de tomate.

Devido aos agrotóxicos utilizados em diversos setores da pecuária e agricultura, procure evitar alimentos de origem animal – mas atenção não pare de comer, somente diminua as quantidades – como frios, carnes, leite e queijos.

Ao comprar alimentos industrializados, procure comparar o de marcas conhecidas, pois estas empresas buscam a qualidade do produto, utilizando menos agrotóxicos.

Mitos e verdade sobre emagrecimento

A cada momento surgem mais dietas malucas que prometem perder quilos e quilos em um curto prazo de tempo, daí surgem milhares de teorias do emagrecimento. Porém, até onde saber tudo o que lemos é verdade ou não passa de mito.

mitos-e-verdade-sobre-emagrecerVamos tentar esclarecer algumas dessas duvidas listando esses mitos. Veja abaixo alguns desses mitos e verdades do emagrecimento na lista abaixo

1. Existem alimentos que tem zero de gordura.

Mito. Todos os alimentos possuem gordura, mesmo um frango grelhado.  Para uma alimentação livre de gordura, evite frituras e substitua óleo por um azeite de oliva, por exemplo.  Gorduras possuem cerca do dobro de calorias por grama que os caboidratos.

2. Água morna em jejum emagrece

Mito. Queima de gorduras e calorias esta diretamente ligada com alimentos ingeridos e exercícios físicos. Poucos tipos de alimentos possuem propriedade de acelerar o metabolismo.

A água não possui nenhuma caloria. Você pode beber quanta água quiser, que isso não irá queimar um grama de gordura sequer. Para eliminar gordura diminuir alimentos calóricos e fazer exercícios aeróbicos.

3.     Para um emagrecimento mais eficaz, você não deve ter fome

Verdade. Seu corpo precisa de nutrientes o dia todo. Outra coisa, é que se você ficar com fome, quando for comer você estará propenso a compensar toda a sua fome. Uma forma saudável e eficaz de perda de peso é comer pequenas quantidade de comidas em pelo menos seis refeições durante o dia, que incluam todos os nutrientes necessários para o corpo.

4.      Natural é quer dizer que é bom para saúde

Mito. Em sua maioria é verdade, porém nem sempre. Existem diversos remédios para emagrecer naturais que são mostrados na TV, porém não tem efeito comprovado e diversas vezes é descoberto muitos malefícios a saúde. Pergunte ao seu médico, quais produtos naturais são realmente benéficos para a saúde.

5.      Comer a noite engorda

Mito. Durante a noite seu metabolismo é um pouco mais lento, ingerir alimentos leves facilitam a digestão. Porém não é a hora que você come que faz engordar, mas sim a quantidade e o tipo de alimentos digeridos.

6.      Comer na frente da TV engorda

Verdade. Porém, deve ser observado não é o comer parado ou na frente da TV que o engorda, e sim, o fato de estar propenso a ingerir maiores quantidades de comida devido a sua distração. Tente e comprove.

Cerveja dá barriga? Mitos e verdades

Quando alguém tem aquela barriguinha avantajada logo se culpa a famosa cervejinha. Mas será que é culpa dela mesma? Será que cerveja provoca barriga? Para alguns especialistas, a cerveja não é a vilã da histéria, e mais dentre as bebidas alcoólicas é a que tem menos calorias.

barriga-cervejaPara alguns especialistas, a cerveja ajuda a reduzir a compulsão por doces, mas se consumida em excesso pode levar a obesidade. Segundo especilistas, os que mais bebem cerveja no mundo são os japoneses e nem por isso são os que mais são obesos no mundo, pelo contrário, são relativamente magros.

Assim, como qualquer bebida alcoólica, quando consumida em grandes quantidades aumenta os níveis de triglicerídeos no sangue, e sim aumenta a gordura viceral, ou seja, a famosa barriga.

O aparecimento pode estar muito mais ligado devido aos tira gostos consumido junto com a cerveja, do que propriamente a bebida.

Concluindo, calorias em excessos associadas à falta de uma atividade física são o que realmente provoca o sobrepeso e surgimento da barriga, e não somente a cerveja.

Tem alguma sugestão ou critica, nao deixe de comentar. Nao deixe de ler no nosso site como perder barriga.

Bulimia – Riscos e tratamento adequado

A bulimia, ao contrário do que muitos pensam, é um problema psicológico que precisa ser tratado. Este distúrbio alimentar gera inconscientemente uma fome incontrolável, onde a pessoas comem compulsivamente, e após esse período de descontrole, a pessoa fica transtornada com medo de aumentar seu peso e vê como solução a ingestão de medicamentos para evacuar, ou até mesmo forçam o vômito simplesmente colocando o dedo indicador dentro da garganta.

Os problemas da Bulimia

Quando a pessoa induz o vômito ela gera problemas graves em seu organismo, pois não perde somente o que ingeriu, ela expeli os sucos digestivos, que desequilibram os eletrólitos do sangue, causando problemas no coração. A ingestão dos laxantes provocam hemorróidas, dores abdominais intensas e constipação crônica. Já o descontrole de ingerir alimentos em grandes quantidades pode romper o estomago.

A pessoa com Bulimia

Diferente da anorexia, onde a pessoa faz dietas, regimes rigorosos e também força o vômito para emagrecer rápido, pois se sente muito gorda (mesmo não sendo), a bulimia causa impulso para comer e a pessoa não quer engordar, pois geralmente já possui um corpo bonito e magro, desta maneira não induz seu vômito para emagrecer, somente para não engordar.

Há dois tipos de pessoa com bulimia, a pessoa que tem medo de engordar e come compulsivamente para depois usar laxantes ou vomitar, e há a pessoa que come compulsivamente e se deixa engordar excessivamente, ambos pacientes necessitam de um tratamento adequado, pois  sozinhos não conseguem lutar contra esta doença.

O Psicológico do Bulímico

A pessoa com bulimia sente vergonha de si mesma, pois ela sabe que está agindo erroneamente, mas não consegue se controlar, ficando com baixa-estima e se sentindo inferior às outras pessoas.

Tentam freqüentemente realizar dietas ou comer moderadamente, e sempre fracassam.

Tratamento adequado

O tratamento ainda não é uma cura, mas é realizado com antidepressivos, que ajudam a moderar o impulso de se alimentar, as psicoterapias também são indicadas, pois ajuda a trabalhar o psicológico da pessoa assim como nas terapias de grupo e grupos de auto-ajuda.

Anorexia Nervosa – Aprenda tratamento e prevenção da anorexia

Anorexia nervosa, comumente conhecida só por anorexia, é um transtorno alimentar e psicológico, onde a pessoa busca incessantemete icar extreamente magra, mesmo já sendo.

Normalmente, pessoas que são atingidas pela anorexia sentem um medo muito grande de engordar, mesmo estando elas muito magras. Por tal medo, as pessoas anoréxicas acabam adotando dietas rigorosa e sem acompanhamento médico para perda de peso.

Normalmente, este distúbio alimentar atinge as mulheres na faixa de 12 anos de idade até 20 anos, pois é a época que o corpo está mdificando muito rápidamente, e ser vista pela sociedade como uma mulher bonita e magra é tudo. A anorexia atinge até famosos, um exemplo disso, foi a modelo de 21 anos, Ana Carolina Macan, que acabou morrendo vítima de anorexia nervosa, por uma simples infecção urinária que se complicou, em 2006. A modelo tinha 40 kg e media 1,74 m.

A anorexia pode ser considerada uma doença com riscos clínicos, pois pode levar a pessoa à morte.

Sinais e sintomas da anorexia – Como detectar?

Normalmente, uma pessoa que sofre de anorexia tem as seguintes reações:

  • Grande perda de peso repentina
  • Grande obsessão por crer que ainda está gordo
  • Depressão, irritabilidade e ansiedade.
  • Distanciamento progressivo de amigos e familiares
  • Excesso de exercícios físicos em excesso
  • Interesse por alimentos torna-se exagerado
  • O problema da pessoa que possui a anorexia é que ela não aceita que já é ou está muito magra, não assume que está doente, e quando resolve fazer um tratamento já é tarde para a recuperação de seu corpo.

Implicações para a saúde

São diversos os probleas cusados pr este transtorno, pois a pessoa anoréxica fica:

  • Desidratada e desnutrida
  • Anemica
  • Perde muita massa muscular
  • Ocorre amenorréia, parada no ciclo menstrual.
  • Surge osteoporose
  • Cria intolerância ao frio
  • O Sistema imunológico fca debilitado

Causas e desenvolvimento da anorexia

Não existe um fator onde possamos afirmar ser a causa da anorexia, essa doença é considerada multideterminada por um conjunto de fatores psicológicos, biológicos, culturais e familiares.

Estudos chamam a atenção para o culto ao corpo magro e rejeição as gorduras pelas culturas ocidentais.

Esse culto e preocupação com o peso leva a pessoa a iniciar uma dieta, na maioria das vezes sem nenhum auxilio médico, e cada dia essa dieta se torna mais seleta, evitando cada dia mais alimentos com mais calorias. Outras formas de perder peso vão se agregando como exercícios físicos, jejum e vômitos.Apesar de estar magra, a pessoa continua se sentindo gorda e acaba se tornando escrava das calorias. Acaba se afastando da família e amigos, ficando cada vez mais triste e irritada e nunca admitem estar com problemas. As famílias normalmente demoram a perceber esse quadro, e há pessoas que confundem a anorexia com a bulimia, porém são transtornos um pouco dieretes, mas ambos são prejudiciais à saúde.

Tratamento da anorexia

O tratamento deve ser feitos por uma equipe de diferentes tipos de profissionais, desde psiquiatras até nutricionistas.O objetivo principal é retomar o peso normal através de uma reeducação alimentar juntamente a um acompanhamento psicológico adequado.

O tratamento costuma ser demorado e o paciente deve ter acompanhamento médico mesmo após o tratamento para que não haja recaídas.

Prevenção da anorexia

O ideal é diminuir a pressão psicológica das pré adolescente e adolescentes, pois a pressão da “cultura do culto” ao corpo  pode ajudar muito no aumento e diminuição de pessoas com anorexia nervosa.
Outra forma de prevenção é o compartilhamento de informações sobre riscos da anorexia e também sobre regimes milagrosos, que prometem resolver os problemas, pois estes são os principais desencadeadores dos transtornos alimentares.

Índice de Massa Corporal – IMC

O Índice de Massa Corporal, popularmente conhecido por IMC, é número que é calculado com base na altura e peso. O Índice de Massa Corporal é conhecido por ser uma alternativa barata, simples e rápida para medição da gordura do corpo e saber qual o peso ideal, porém não mede com precisão a gordura corporal.

É utilizado pra identificar as pessoas adultas que tem problemas com peso, este cálculo não deve ser tomado como diagnostico de problemas, mas sim como meio inicial para que qualquer pessoa possa identificar algum tipo de problemas e procurar ajuda.
Existem outros métodos de avaliação com uma melhor precisão, dentre eles são as avaliação de histórico médico, a avaliação da dieta e e medir gorduras através das dobras cutâneas.

Cálculo do IMC

Mas você deve estar se perguntando como consigo obter o IMC?
O cálculo do IMC é muito simples, é só seguir a seguinte formula:

IMC = peso / ( altura * altura )

Atenção: a medida de altura é em metros(e) e o peso é em kilos (Kg). O IMC de uma pessoa que tem 60 Kg e sua altura é 1.65 m. calculamos da seguinte forma:

IMC = 60 / (1,65 * 1,65) = 22,03.

Interpretando o IMC

O IMC é utilizado para pessoas que tenham mais de vinte anos, sendo interpretado por tipo de pessoa. O IMC para adolescentes e crianças, deve-se levar em consideraçao fatores como idade e sexo da pessoa.

Para saber como esta o seu peso proporcional à sua altura, basta olhar a seguinte tabela:

IMC Classificação
Abaixo de 18,5 Peso abaixo do ideal
Entre 18,5 e 24,9 Peso ideal
De 25,0 a 29,9 Sobrepeso
Superior de 30 Obesidade

IMC é confiável?

Existe uma forte correlação entre IMC e quantidade de gordura, porém o grau de força é variável dependendo do sexo e idade, por exemplo, uma pessoa idosa possui proporcionalmente mais gorduras que uma pessoa com 20 anos de idade.

Porém existem outras medidas que servem para auxiliar e precisar melhor a quantidade de gorduras no corpo, dentre elas são medida de circunferência do abdômen, braço e pernas.

Razões para perder a barriga

A chamada “barriga grande” tem sido alvo dos profissionais e cientistas da saúde, dos quais crêem que a tal barriguinha seja um dos grandes males de grande parte da população mundial.
Dentre esses males estão ligados o colesterol alto, diabetes e hipertensão.
A famosa barriga de chopp é apenas a ponta do iceberg, pois as gordurinhas podem se esconder, além dos pneuzinhos, entre os órgãos e se depositar em lugares errados.

Para você que esta com preguiça de iniciar sua dieta , aí vai algumas boas razões para começar a perder barriga rápido.

1. Diabetes

Há muitas pesoas magras que se entopem com porcarias por cha que por serem magros não há problemas, já que não possue “barriga”. O que precisam saber é que, a gordura das porcarias que você consome exageradamento por pensar que não haverá problema, pode simplesmente migrar, ou seja, ela não é depositada na bariga, porém se fixando em alguns órgãos, dentre eles o fígado.
Como conseqüência acaba deixando confusa a célula e ocasiona uma produção excessiva de glicose no seu organismo. E ntao o seu organismo libera “insulina” para controlar o excesso de glicose no seu sangue, glicose gerada pelo excesso de gordura fixada no ventre. Mas ao invés de agir corretamente, acaba sobrando  sobrando açúcar no seu corpo, dando brecha para uma diabete.

perder barriga2. Chances de adquirir hipertensão

As efeitos da barriga é um efeito dominó. Com o excesso de insulina no sangue aumenta a ação do sistema nervoso simpático, que implica contração dos vasos sanguíneos. Isso além do fato dos rins não conseguirem absorver mais sódio.


3. Riscos de infarto e derrames

Células gordurosas localizadas na região abdominal produzem substancias inflamatórias, todas elas ligadas a doenças do coração, segundo o Hospital do Coração. Pessoas que tem maior gordura abdominal acabam por ter mais o chamado LDL, conhecido como colesterol ruim. Tal colesterol implica processo inflamatório nas paredes dos vasos e entupimentos dos mesmos, levando a infartos e derrames.

4. Disfunção sexual

Agora é o ponto que pode assustar qualquer homem, ainda mais quem tem mais de 40 anos, que tem uma barriga avantajada. A gordura viceral, aquela que sempre estão associadas a altos níveis das triglicérides e colesterol, é ajuda muito na perda da ereção e apetite sexual. Quem tem uma síndrome metabólica pode ter baixo índice de testosterona, o que acaba ocasionando perda da libido.

Esses são apenas os fatores diretos da barriguinha, porém a gordura na região abdominal pode trazer alta insatisfação para pessoa podendo trazer depressão, além de que o alto nível de colesterol no sangue pode atrapalhar a síntese de neurotransmissores, que está ligada a sensação de bem estar.
Outro ponto, é o próprio peso da gordura que implicará maior esforço para coluna. Pois a coluna é obrigada a se curvar para equilibrar o corpo. Assim surgem dores das costas constantes e você ainda pode estar culpando seu colchão. Outro ponto é o esforço maior na região dos joelhos, pois é mais peso para sustentar o ocasionando um desgaste ao trabalhar mais.

Poderíamos listar muitos outros motivos, mas esses mais do que suficiente para você iniciar uma dieta para emagrecer rapidamente e exercícios físicos para perder, ou para não ganhar, essa sua barriguinha.