Logo Emagrecer Dicas

Confira nossa nova seção: Tabela de Calorias

Dieta das Proteinas – Dicas e Cardápio

­A cada nova dieta é um novo sucesso e milhares de resultados. A polêmica dieta de Atkins, conhecida como dieta dos carboidratos, que na época colocou as proteínas com maior relevância para os pesquisadores.

Agora vem uma nova dieta na versão magra trocando gorduras por músculos. A grande novidade dessa dieta é o uso alto de proteínas. As proteínas são responsáveis por construir os tecidos do corpo e melhorar o sistema imunológico. Agora as proteínas estão aí para acabar com aquelas gordurinhas indesejadas, porém, a proteína deve ser magra, ou seja, carnes de aves e peixes, queijos, legumes e ovos.

Nessa nova dieta conhecida com dieta das proteínas coloca as alimentos ricos em proteínas em maior quantidade na alimentação diária, cerca de trinta por cento das calorias ingeridas.

Você pode pensar que está é mais uma daquelas dietas que prometem e nada cumprem. Uma pesquisa realizada pela Universidade de Illinois testou dois grupos de pessoas normais: onde um grupo de pessoas tiveram um cardápio normalmente recomendada (15% de proteína, 30% de gordura, 55% de carboidrato) e outro grupo uma dieta protéica (40% de carboidratos, 30% gorduras, 30% proteínas).  O resultado foi que o grupo que se alimentou de alimentos ricos em proteínas perderam 38% mais que o grupo que seguiu um dieta normal. A explicação disso deve-se ao fato de que proteínas magras, ajudam no desenvolvimento de massa muscular o que leva a consumir mais calorias e também a alta taxa de insulina, hormônio responsável para a queima da glicose do organismo, leva ao menor queima de gorduras. Alimentos protéicos levam mais tempo para serem digeridos o que leva uma digestão mais lenta, afastado a fome por mais tempo.

Proteínas são ótimas para o organismo, só que o excesso também compromete os rins e fígado. O ideal é 1 grama por kg de peso da pessoa, pessoas que tenham vida de esporte pode ser necessário mais, o que varia de 1,6 a 1,8 gramas.

Cardápio da dieta das proteínas

Nutricionistas recomendam seguir essa dieta por 3 semanas, prometendo perder cinco quilos. O interessante dessa dieta é que você não necessita de grandes esforços e sacrifícios, bastante ingerir mais alimentos protéicos. Esse cardápio segue o modelo da pesquisa acima, consumindo 40% de proteínas, sendo que depois na terceira semana é recomendável você retorne a sua alimentação normal de proteínas, porém nunca coma menos que 15%.

Neste cardápio, são apresentadas seis refeições leves, de modo que você nunca passe fome. Em cada uma das refeições incluem vários alimentos diferentes que você pode variar como quiser.

Opções para o Café da Manhã

  1. Uma fatia de pão integral acompanhado queijo, leite de soja batido com uma xícara de morangos;
  2. Uma fatia de pão integral com ovo mexido, um copo de suco de abacaxi com hortelã
  3. Um copo de iogurte desnatado com uma colher de sopa de flocos quinua e uma fatia de mamão picado

Lanche da Manhã

  1. Iogurte sem gordura
  2. Um polenguinho
  3. Duas fatias de peito de peru com duas fatias de queijo enrolado

Almoço

  1. Um prato com salada de agrião e rúcula, uma concha rasa de feijão, três colheres de sopa de arroz, um filé de frango grelhado e 3 colheres de abobrinha com berinjela refogadas
  2. Uma salada de alface com dois ovos de codorna e uma colher de sopa de beterraba ralada; uma concha de lentilha; três colheres de refogado de espinafre; um file de peixe grelhado;
  3. salada de alface com tomate e palmito e uma colher de sobremesa de amêndoas;

Para temperar as saladas pode usar azeite, limão e sal, tudo sem excessos.

Lanche da tarde

  1. uma barrinha de proteínas com uma xícara de chá verde com adoçante;
  2. uma banana com um copo de leite de soja light;
  3. uma barra de cereais; queijo fundido (polenguinho) com um xícara de chá verde com adoçante

Jantar

  1. Sanduíche: 2 fatias de pão integral com salpicão (frango desfiado, maionese sem gordura e cenoura ralada.
  2. Salada de rúcula, agrião e tomate; copo de shake: poupa congelada de maracujá, morangos e duas colheres de proteínas em pó
  3. Salada de atum com grão-debico: meia lata de atum light ralado, meia xicara de grão-debico, um colher de sopa de castanha-do-pará, salsa, cebola e um tomate.

Ceia

  1. Uma maça cozida com canela
  2. Um copo de iogurte light
  3. Gelatina diet

ARTIGOS RELACIONADOS

1 Comentário »

tania calazans:

adorei o cardapio elaborado.

setembro 26th, 2011 | 23:46
Deixe seu comentário

Comentário